NIP's Turma 4

Coletivo Meninas Mahin

EMPREENDEDORAS: Ednusa Ribeiro, Denise Santana Alexandre e Mariza Aparecida Moreira.

RESUMO DA SOLUÇÃO: O Coletivo Meninas Mahin que através da Feira Afro tem como objetivo fomentar o empreendedorismo da mulher preta e contribuir no combate às desigualdades raciais. Atividades afirmativas interdisciplinares são promovidas através de práticas artesanais, artísticas, esportivas, musicais, literárias, oficinas, ações de cidadania, entre outras.

Promover o desenvolvimento social, cultural e econômico junto a afro empreendedoras, assim como promover a integração com a comunidade por meio de ações que valorizem a história e a cultura afro e afro brasileira, mediante a realização de feiras e eventos.

O trabalho já realizado é direcionado para proporcionar oportunidade de trabalho para empreendedoras periféricas do Estado de SP. Nosso trabalho é voltado para o desenvolvimento do perfil empreendedor de mulheres negras, transformando essas mulheres em potentes gestoras de negócios e disseminando informação de qualidade dentro desse processo de construção coletiva, gerando mais empregos e estabilidade.

 

MINI PERFIL: Ednusa Ribeiro (41), líder do Coletivo que com a ajuda de Vilma Wicky fundaram, junto com outras guerreiras. Com especializações em recursos humanos, gerência, gêneros e etnias, há muitos anos trabalho no setor público de São Paulo. Meu propósito é apoiar outras mulheres da periferia a criarem e administrarem seus negócios e fazer as coisas aconteceram em espaços menos privilegiados e subutilizados nas periferias de SP.

 

Antes de participar do Coletivo (desde 2016), desenvolveu outras feiras em outros espaços, e após escutar uma inquietação interna e, também as pessoas em seu entorno resolveu se aprimorar em gestão de pequenos negócios voltado a população negra, fez vários cursos, oficinas e workshops visando a aprimoramento contínuo.

 

Ednusa divide seu tempo cuidando de seus filhos Edmilson (19) e Edryan (12), gosta de jogar basquete nas horas vagas (que são raras), dar risadas com a amigas de quadra, almoços de domingos e viajar com a família.

Denise Santana Alexandre (31), formada em Serviço Social pela Faculdade Metropolitanas Unidas - FMU. Atua como Assistente Social na área da criança com deficiência e mãe de Alânia (3).

Empreendedora desde 2016, fundadora da Com Papel Encadernação Artesanal. iniciou no Coletivo Meninas Mahin em outubro de 2019 com intenção de melhorar o seu negócio e vender os seus produtos, então iniciou um grande compromisso e hoje contribui com a ações do Coletivo Meninas Mahin.

 

Mariza Aparecida Moreira (55), criadora e proprietária da marca de roupas Confecção Identidade.

Por muitos anos foi costureira de produção industrial, ao perceber uma oportunidade no mundo da moda. Atender ao público que não se encaixa nos padrões da moda comum conhecida.

O principal objetivo só seria alcançado, por meio de muito trabalho e conhecimento.

Cursos, formações, capacitação e mentorias, são técnicas que precisam fazer parte da vida de toda Empreendedora.

No ano de 2018 ao participar do Afro Hub, programa de fomento para  empreendedores negros, vi a possibilidade de transformar meu trabalho em um negócio, nesse mesmo evento conheci o Coletivo Meninas Mahin, que foi um divisor de águas em minha vida e do meu empreendimento possibilitando uma maior visibilidade da marca em muitas feiras e eventos.

Recebi recentemente uma formação e Mentoria da aceleradora Emperifa, juntamente com o Coletivo Meninas Mahin participei do LabNip adquirindo ainda mais conhecimento para melhor gerir meu negócio.

Saiba mais:

Emperifa 

EMPREENDEDORES: João Guedes, Márcio Cardoso e Fábio Borges

RESUMO DA SOLUÇÃO: Emperifa é um negócio pioneiro e especialista em gestão da criatividade para negócios periféricos da indústria criativa. Por meio de metodologia e ferramentas próprias, os fundadores do negócio do território da zona leste de São Paulo despertam e encorajam empreendedores e intraempreendedores a utilizarem soluções criativas para gerar resultados sustentáveis e significativos. Guedes defende que empreender em periferias é um ato de resistência; e que os desafios – sobretudo de planejamento – podem comprometer os negócios. 

 

Para auxiliar os empreendedores a ultrapassar as barreiras, a Emperifa atua com a missão de promover o desenvolvimento econômico, social, cultural e ambiental das periferias por meio de programas específicos para cada etapa do negócio e tempo de maturidade. Em dois anos de atuação, firmaram parcerias de fomento ao empreendedor periférico com diversas organizações e fundações. 

MINI PERFIL: João Guedes, educador e empreendedor apaixonado por criatividade, inovação, novas tecnologias e acima de tudo pelo ser humano. João Guedes é graduado em Produção Audiovisual pela FMU. Locutor, sonoplasta, agente cultural formado pelo Senac e utiliza a comunicação como ferramenta de transformação social. Sócio-fundador da Emperifa, empresa pioneira e especialista em gestão da criatividade para negócios periféricos da Indústria Criativa que atua com metodologia e ferramentas próprias na formação de empreendedores na periferia. Participou da co-criação da metodologia e formação dos empreendedores da 3° Edição do Programa VAI TEC da Prefeitura de São Paulo, atuou na formação e desenvolvimento de egressos do sistema carcerário no Instituto reComeçar da rede Gerando Falcões, articulador do Fórum de Negócios de Impacto da Periferia na ZL, parceiro no Galpão ZL da Fundação Tide Setubal. Técnico orientador nos cursos de rádio, áudio e programa jovem aprendiz do Senac. Atuou como gestor em produtora audiovisual, empresas de comunicação e assessoria de imprensa. Tem experiência de mais de 15 anos como arte educador atuando com coletivos socioculturais e comunidades de base.

Márcio Cardoso Santos, sócio Fundador da Emperifa. empresa pioneira e especialista em gestão da criatividade para negócios periféricos da Indústria Criativa que atua com metodologia e ferramentas próprias na formação de empreendedores na periferia.

Mestre em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2012) PUC. MBA em Gestão Empresarial (2005). 

Atualmente é professor da Universidade Brasil e no SENAC.

Experiência na área de Gestão e Negócios, atuando principalmente nos seguintes temas: Administração, Administração Estratégica, Cultura Organizacional, Empreendedorismo, Escolas de samba, Estratégia Empresarial, Gestão da Criatividade, Inovação, Modelo de Negócios. 

Atuou como facilitador do SEBRAE no programa Brasil Empreendedor; Docente Articulador do Programa Empreenda Senac; 

Articulador do Comitê de Negócios de Impacto na Zona Leste.

Saiba mais:

emperifa.jpg

 

Escola de Notícias

EMPREENDEDORAS(ES): Camila Andrade Vaz e Leonardo Pereira dos Santos

RESUMO DA SOLUÇÃO: A Escola de Notícias é um negócio de impacto social que atua na formação, ampliação de repertório e reconhecimento de propósito e potência da juventude periférica. Autogerida e liderada por jovens, tem como principal objetivo fomentar um ecossistema periférico que atue conectando não só indivíduos, como propósitos, ideias e movimentos que transformem a narrativa marginalizada das favelas.

MINI PERFIL: Camila Andrade Vaz, 29, atua há 14 anos em projetos de educação, comunicação e juventude. Em 2006, junto com outros jovens fundou uma organização que atuava com educomunicação dentro das salas de aula de escolas públicas, a Rede Interferência. Em 2008 conheceu o audiovisual em projetos de atuação com juventude - Quarto Mundo, uma parceria TV USP e Revista Viração - além de trabalhar em produtoras da área como Canal Marcapasso, Netflix e produções independentes. Atuou como educadora e gestora de projetos na Fundação Gol de Letra, Viração Educomunicação, Quarto Mundo - TV USP e é responsável pela coordenação de formação da Escola de Notícias desde 2015.

 

Leonardo Pereira dos Santos, 23, estudante de Design de Animação, formado em Concept Art pela Axis School Of Visual Effects, em desenho pelo Instituto CRIAR de TV, Cinema e Novas Mídias e participante da Escola Comunitária de Comunicação da Escola de Notícias em 2013. Atua desde 2014 como articulador comunitário, gestor de projetos, ilustrador e facilitador de processos em projetos de educação e juventude como WeLab by Heineken, Projeto Arrastão, SESC SP, Kairós Arte da Conversa e na Escola de Notícias, onde atua como coordenador executivo desde 2017.  

Saiba mais:

escola de noticias.png

Monomito Filmes

EMPREENDEDORES: Lincoln Amorim Pires e Larissa de Souza Costa

 

RESUMO DA SOLUÇÃO: Monomito Filmes é uma Produtora audiovisual que foi fundada em 2017 na zona Leste de São Paulo no bairro do Itaim Paulista, afim de conectar historias, e democratizar o acesso à produção audiovisual profissional principalmente nas periferias, para; Artistas, Músicos, Coletivos Culturais e Empresas, através das produções de videoclipes, filmes, cobertura de shows, produção de conteúdo e produção videográfica para editais.

 

 

MINI PERFIL: 

Lincoln Pires, 30 anos, Fotógrafo e Diretor de Fotografia.

Larissa de Souza Costa, 24 anos, Fotógrafa e Produtora.

Saiba mais:

download.png

 

PLT4Way

EMPREENDEDORES: Diogo Bezerra da Silva e Diego Luiz dos Santos

RESUMO DA SOLUÇÃO: Fundada por Diogo Bezerra da Silva e Diego Luiz dos Santos, a PLT4Way é um negócio de impacto social  que oferece o ensino de inglês  por meio de uma metodologia imersiva – com aulas situacionais, no qual o aluno aprende o idioma, tanto a gramática quanto a fluência, com  situações do cotidiano. Criada na comunidade do Jardim Pantanal, zona leste de São Paulo, a escola surgiu da experiência de Diogo – que, ao aprender inglês, pode ascender socialmente. Além de democratizar o acesso ao aprendizado do inglês, como contrapartida, a cada três alunos pagantes, os empreendedores oferecem uma bolsa para um morador da periferia. Nesse formato, mais de 70 alunos já estudaram gratuitamente, se formaram, e se recolocaram no mercado de trabalho. Ao todo, são mais de 300 alunos e alunas. 

MINI PERFIL: Diogo Bezerra, CEO/FUNDADOR DA PLT4WAY e Embaixador da Rede Pense Grande,  Formado em Marketing pela Universidade Anhembi Morumbi. Foi facilitador voluntário da Faculdade Brigham Young University. Considerado pela Embaixada dos Estados Unidos como um dos Jovens Líderes das Américas pelo programa YLAI 2020, Diogo Acredita que a educação é uma das ferramentas mais poderosas contra a desigualdade social e econômica. 

Diego Luiz, empreendedor Social CMO/Co-Fundador da PLT4WAY escola de inglês. Técnico em Business management pela Brigham Young University, técnico em administração e hotelaria pelo Colégio e faculdade Eniac. Graduando em Direito. Sou ativista de questões raciais e sociais. Tenho a missão de proporcionar desenvolvimento e autonomia a classes desfavorecidas através da educação e empreendedorismo.

Saiba mais:

PLT4WAY-Logo-e1595597058900.webp

Reciclo Beleza Sustentável

EMPREENDEDORES: Fabio Silva e Maria Thereza Dutra

RESUMO DA SOLUÇÃO: Reciclo Beleza Sustentável é negócio de impacto socioambiental, tecnologia e inovação sustentável, ajudando as marcas & negócios do segmento de saúde e beleza, moda & têxtil, perfumaria e cosméticos a realizar a logística reversa, a economia circular e a reciclagem de embalagens de produtos de beleza, com estímulo à mudança de hábito nas pessoas com maior engajamento com as questões socioambientais.

 

MINI PERFIL: 

Fabio Silva, Funder Empreendedor na Reciclo Beleza Sustentável e Xtec Verde, formado em Administração com formação específica em Gestão Ambiental, empreendedor há 8 anos à frente do terceiro negócio, adora esportes radicais, apreciador de gaita e outros instrumentos musicais.

Maria Thereza, Sócia Empreendedora na Reciclo Beleza Sustentável e Xtec Verde, formada em Engenharia Ambiental, iniciada sua pós em Data Science e Big Data, praticante de esportes, toca clarineta.

 

Saiba mais: