NIP's turma 2

Logo Bio Afetiva

Bio Afetiva 

 

EMPREENDEDORA: Francisca Jesuana Alves

RESUMO DA SOLUÇÃO:   A Bioafetiva é um empreendimento social periférico que trabalha através da produção de cosméticos naturais ministrando cursos, palestras e oficinas com base na aromaterapia,  autocuidado, saúde do corpo entendo o corpo como morada sagrada e relacionado com empoderamento da ancestralidade feminina.
 Propõe solucionar o acesso a  cosméticos naturais que não causam mal as pessoas e ao meio ambiente, como também o conhecimento de mais pessoas conseguirem produzir seus próprios cosméticos de forma consciente e natural
.

MINI PERFIL: A Bioafetiva nasce em Outubro de 2017 a partir da necessidade da produção de cosméticos sem componentes químicos que façam mal a saúde das pessoas e do meio ambiente, como proposta de solucionar demandas específicas de pessoas alérgicas a componentes químicos encontrados nos cosméticos convencionais, assim como promover uma mudança no estilo de vida das pessoas através dos aromas, do respeito aos processos naturais do corpo e da natureza.

 

Jesuana Prado: Poeta, Pedagoga Social, estudante em aromaterapia, cosmetologia natural. Nascida em Fortaleza- Ce mora em São Paulo há dois anos onde há 01 ano se dedica ao seu empreendimento que é a Bioafetiva. Em 2014, lançou seu primeiro livro de poesia, intitulado Cotidiano Poético o que a levou a mochilar pelos estados Brasileiros fazendo saraus e rodas de poesia durante 01 ano. Participou das antologias de poemas Sarau da B1 em 2016 e Antologia Erótica Escritoras Cearenses em 2018. Atualmente é acompanhada pela Aceleradora de Negócios de Impacto da Periferia organizada pela A Banca.

Logo Bora Lá

 

Bora lá

EMPREENDEDORA: Jucileide Dias

RESUMO DA SOLUÇÃO: A Bora Lá!, uma Agência de Comunicação e Marketing Popular, que surge com o objetivo de trabalhar a identidade visual de pequenos empreendedores, projetos sociais e culturais na periferia da Zona Sul.

MINI PERFIL: Agência já atendeu mais de 52 clientes desde sua criação em Maio de 2017, foi uma dos 5 empreendimentos escolhidos dentre 62 inscritos, para participar da aceleração do Aceleradora de Negócios de Impacto da Periferia realizado pela A Banca e FGV e recentemente a agência foi um dos 24 projetos selecionados, dentre mais de 200 inscritos para participar da aceleração do Programa Vai Tec da Adesampa.

Ju Dias:

 Ju Dias é formada em propaganda e marketing pela Universidade Anhembi Morumbi, trabalhou mais de 10 anos em grandes empresas, atuando na área de Marketing, Comunicação Visual. Em 2017 após insatisfação com o rumo de sua carreira, saiu do mercado e resolveu usar o seu conhecimento pra trabalhar no território que nasceu, cresceu e criou a Bora Lá!

Logo Gastronomia periférica

Gastronomia Periférica 

EMPREENDEDORES: Edson Leite e Adélia Rodrigues

RESUMO DE SOLUÇÃO: Gastronomia Periférica tem como objetivo provocar transformações através da gastronomia. COMO? Construindo ferramentas de conscientização sobre desperdício e aproveitamento total dos alimentos, gerando possibilidades de empreender e conectando pessoas através da gastronomia.

MINI PERFIL: Comida é claramente a melhor e mais efetiva rede social que existe. Afetiva e acolhedora ela tem o poder de construir pontes e colocar em uma só mesa diferentes tipos de fome e paladares. De um outro lado existe um problema social e ambiental claro e crítico em que 1/3 do alimento produzido é jogado fora e milhares de pessoas passam fome. Além disso, inúmeros jovens famintos em busca de um propósito.E porque não a gastronomia? Foi observando e vivenciando dentro da periferia essas questões que os empreendedores Edson Leite e Adélia Rodrigues tiraram do forno o GP.

Edson Leite:

Edson Leite é chef de Cozinha, assistente social, Educador social, trabalhou em restaurantes importantes da Europa. No Brasil foi subchef do Clube Pinheiros - SP. Docente em organizações sociais na área de gastronomia para adolescentes. Fundador do Gastronomia Periférica e cocriador do aplicativo Gastronomia Periférica;  hoje coordena e leciona a área técnica da Escola de Gastronomia Periférica; Curador do Festival Sabor da Quebrada.

Adélia Rodrigues:

Adélia Rodrigues é psicóloga e educadora libertária  Coordenou o Centro de Juventude da Fundação Julita; Fundadora do programa de empoderamento feminino As Minas; coordenadora pedagógica da ULI - Universidade Livre da Inovação; Gestora dos projetos e sócia do Gastronomia Periférica; cocriadora do APP Gastronomia Periférica; coordena a área pedagógica da escola de Gastronomia Periférica além de lecionar na disciplina de Projeto de Vida e empreendedorismo para os alunos do curso de Gastronomia.

Logo Nutrir Si

 

Nutrir-Si

EMPREENDEDORA: Simone Rodrigues Mendes

RESUMO DE SOLUÇÃO: A Nutrir-Si tem o propósito de trazer o conhecimento de uma alimentação saudável e prática, diminuindo os índices de obesidade e doença crônicas.

MINI PERFIL: A Nutrir-si surgiu após 8 anos de experiência em nutrição, atuando na periferia especificamente no Jardim Ângela, essa experiência me trouxe uma inquietação, ficava buscando uma forma de trabalho como o que eu fazia na saúde pública, mas com uma liberdade maior de desenvolvimento, condições que a saúde pública não me permitia, ou seja uma forma mais eficaz de impactar a vida das pessoas através da alimentação saudável, atualmente a NUTRIR-SI trabalha com refeições práticas, saudáveis e congeladas, estamos com 14 opções de marmitas, sopas e saladas, Além das refeições a Nutrir-si oferece um serviço de consultoria nutricional individual e coletiva, para expandir as mudanças de hábitos alimentares dos seu clientes.

Simone Rodrigues Mendes: Simone Mendes, casada, 45 anos graduada em nutrição há 13 anos e especialista em nutrição na atenção básica.

Logo Periferia em movimeno

Periferia em Movimento 

EMPREENDEDOR: Thiago Borges

RESUMO DE SOLUÇÃO:  Diante da pouca visibilidade e amplitude de vozes periféricas no debate público, o Periferia em Movimento articula, mobiliza, produz e distribui conteúdo para garantia de direitos nas periferias urbanas

MINI PERFIL: O Periferia em Movimento é um coletivo de comunicação sobre, para e a partir das periferias criado por jovens jornalistas da região Extremo Sul de São Paulo (especificamente, do Grajaú, Campo Limpo e Vila Missionária). Incomodados com a narrativa limitada, geralmente negativa e superficial, apresentada pela mídia convencional sobre nossa realidade, iniciamos uma pesquisa em 2009 durante o trabalho de conclusão de curso da faculdade e, desde então, nos organizamos e amadurecemos enquanto coletivo para contar nossa própria história e lutar por uma mídia democrática e plural. Produzimos e publicamos entrevistas e reportagens com moradores, cobrimos atividades socioculturais e participamos da vida nas comunidades. Também realizamos cursos e oficinas sobre direito à comunicação, representação na mídia e jornalismo na prática para estimular o senso crítico principalmente entre jovens e adolescentes.

Thiago Borges: Tem 31 anos de idade, é morador do Grajaú (Extremo Sul de São Paulo) e tem formação em Jornalismo com especialização em História, Sociedade e Cultura. É um dos fundadores e integrantes do coletivo Periferia em Movimento, em que é responsável pela gestão de conteúdos. Tem interesse especial em entender como a comunicação influencia na construção de identidades nos territórios, e vice-versa.