A R T I C U L A D O R A 

DE NEGÓCIOS DE IMPACTO DA 

P E R I F E R I A

 

A ANIP (Articuladora de Negócios de Impacto de Periferia) tem o objetivo de potencializar uma nova geração de negócios de impacto social que atuam nas periferias do município de São Paulo. A ANIP nasceu de uma parceria entre A Banca,  Artemisia e FGVcenn (Centro de Empreendedorismo e Novos Negócios).

É ter um impacto mais profundo, respeitando as peculiaridades das periferias e ampliando a capilaridades regionais. 

A ANIP a partir de agora não será só um programa de aceleração, mas uma potência para criar condições reais de escala, produção e disseminação de conhecimento sobre o ecossistema de NIP’s.

Porque entendemos que ainda é preciso desenvolver um ecossistema de negócios de impacto da periferia que não esteja ligado somente ao tradicional crescimento econômico, mas que compreenda as necessidades reais das empreendedoras e empreendedores, que tenha escala ( ), fortalecimento do capital humano e social e criar pontes dentro e fora das periferias.

A ANIP renasce como Articuladora de Negócios de Impacto da Periferia com a intenção de compreender, articular e mobilizar os atores estratégicos para a consolidação do ecossistema de negócio de impacto da periferia, apoiando uma nova geração de empreendedoras e empreendedores das periferias em estágios diferentes de desenvolvimento do seu negócio. Queremos com essa estratégia proporcionar nos próximos anos diferentes formas de atuar com as empreendedoras e empreendedores das periferias dos municípios de SP, Minas Gerais e Recife.

Buscamos para o novo biênio uma mudança de atuação.

Ao invés de sermos uma “Aceleradora” de Negócios de Impacto da Periferia, o foco será em ser uma “Articuladora” de Negócios de Impacto da Periferia.

Romper com o abismo de formação, produção e disseminação de conhecimento do surgimento do ecossistema de negócio de impacto da periferia a partir da realidade concreta dos NIP’s.

Visibilidade de gênero e raça dentro do ecossistema de negócios de impacto, na ANIP nas três edições como aceleradora 70% das inscrições foram lideradas por mulheres em sua maioria negras essas descrevem como desafios dificuldade de acessar crédito.

Potencializar as conexões para  investimento privado direto na base e demonstrar as potências geradas sem as condições existentes no ecossistema tradicional dentre essas ressaltamos a tranquilidade em testar, pivotar quando necessário e criar mecanismos de aproximação entre os dois lados do ecossistema de negócios de impacto.

A periferia com certeza é um local de inovação com um novo pensamento sobre negócios e não necessariamente uma repetição dos mesmos modelos existentes do lado de lá da ponte. Nosso tempo de aprendizagem e aprofundamento são diferente do ecossistema tradicional devido a lacuna do processo educacional, barreiras sociais e o racismo institucionalizado.

 

Rodas de Conversa NIP 

Fórum NIP 
Pílulas NIP
 
 
LAB NIP

Encontros com especialistas

4 dias intensos de formação 

30

Empreendedoras

(es) da periferia

2,5 mil

para 6 Empreendedoras

(es) 

ACOMPANHAMENTO 

6 meses de duração 

Encontros com especialistas

6

Empreendedoras

(es) da periferia

15 mil de investimento

 

O BRASIL É O 7º PAÍS MAIS DESIGUAL DO MUNDO e ainda mantém a concentração de renda no topo da pirâmide com 1% dos brasileiros ganhando o equivalente ao restante da população.

Nas periferias do Brasil é onde se concentra as grandes massas populacionais que vivem problemas complexos no seu dia a dia.

 

E são nas periferias que existem negócios de impacto que dialoga e vive com soluções que nasce da necessidade e dor. As periferias são grandes complexos de inovação social de impacto positivo que vem desbravando o contexto atual.

 

Siga nossa página no Facebook e acompanhe todas nossas postagens no instagram

Assessoria ANIP 11 5834-8025

contato@abanca.org

 

ANIP primeira edição 2018

 

 

A primeira edição do programa acelerou as empresas Boutique de Krioula, Empreende Aí, Ecoativa, Jovens Hackers, e Editora Selo Povo. Todas empresas da periferia da zona sul de São Paulo que estão potencializando suas ações e negócios, acessando uma rede de pessoas incríveis que proporcionam a troca de conhecimento e o contato com outros empreendedores gerando um grande aprendizado para todos envolvidos.

ANIP segunda edição 2018

 

No segundo semestre de 2018 o programa acelerou as empresas Bora Lá, Bio Afetiva, Gastronomia Periférica, Nutrir-Si, e Periferia em Movimento. Turma onde a maioria das empreendedoras são mulheres. Todas as empresas são da periferia da zona sul de São Paulo e potencializaram suas ações e negócios em uma aceleração voltada unicamente para empreendedores de periferia.

ANIP terceira edição 2019

 

Na terceira edição de 2019 o programa acelerou as empresas Repagine-me, Clinfy, Enjoy, HOTD, JAUBRA, Kitanda das Minas, LiteraRua, Menin@s da Billings, Recifavela e Trucss.  Todas as empresas são da periferia do município de São Paulo  e potencializaram suas ações e negócios em uma aceleração voltada unicamente para empreendedores de periferia. 

 

A Articuladora de Negócios de Impacto da Periferia conta com o parceiro estratégico Tamu Junto:  Fundação Arymax.

 

Tamu Junto

Logo Fundação Arymax - ANIP 2020

 

Firmeza

 

EM BREVE